Skip to main content
Phoenix Art Museum
1 de 1
  • Estados:
    Arizona

A artista japonesa vanguardista de 89 anos, Yayoi Kusama, está finalmente recebendo seu devido reconhecimento como uma das maiores artistas vivas do mundo.

Tendo se mudado para Nova York na época do crescente movimento artístico de vanguarda da década de 1960, Kusama ficou famosa por seus "feitos" extravagantes. Ela organizou grandes eventos com pessoas nuas cobertas de bolinhas, abriu um estúdio de pintura nudista e um clube social, e escreveu uma carta a Richard Nixon oferecendo sexo vigoroso com ele, se ele acabasse com a Guerra do Vietnã. No entanto, apesar de ser uma queridinha da cena de arte de contracultura de Nova York, Kusama ficou em grande parte esquecida depois de se mudar novamente para o Japão em 1973 por questões de saúde, onde ela voluntariamente se internou em um hospital para doentes mentais.

Ainda fazendo arte de renome mundial, 50 anos depois

Kusama nunca parou de fazer arte, mas foi só anos depois, no início de década de 1990, que, mais uma vez, seu trabalho começou a ganhar reconhecimento internacional. Desde então, seu sucesso só aumentou. Trabalhando no hospital, ela vendeu uma obra de arte em 2008 por $ 5,1 milhões, batendo o recorde do preço mais alto pago a uma artista viva.

Mais uma vez, agora os fãs podem ver o trabalho extravagante e maravilhoso de Kusama em uma instalação apropriadamente chamada de "You Who Are Getting Obliterated in the Dancing Swarm of Fireflies" (Você que está sendo obliterado no enxame dançante de vagalumes). Instalado permanentemente no Phoenix Art Museum, o trabalho usa um espaço de 2,32 metros quadrados com paredes forradas de espelho, piso de granito preto polido, teto de acrílico preto e 250 luzes de LED suspensas programadas com cores alternadas. O efeito é etéreo e expansivo. Como grande parte do trabalho de Kusama, sua percepção de si mesmo, do espaço e do tempo é sobrecarregada e quase destruída pela força visual.

Phoenix
Ver mais

Saiba antes de ir

A exposição está localizada na ala de arte contemporânea do Phoenix Art Museum, ao lado da North Central Avenue, no centro de Phoenix.

Conteúdo criado originalmente para a Atlas Obscura.

Mais informações