Skip to main content
A cantora de rock Kat Meoz posa em frente ao Mel's Drive-In em West Hollywood, Califórnia
1 de 1
  • Estados:
    Califórnia

Faça um passeio pelas ruas coloridas de West Hollywood com a cantora de rock Kat Meoz, onde música, arte e rebeldia ganham espaço.

Ao entrar no exuberante jardim no pátio do Sunset Marquis, você percebe a agitação da cidade ficando para trás. É tão tranquilo e pacífico aqui, que é praticamente imperceptível que logo abaixo de seus pés, em um estúdio de gravação sob o hotel, alguns dos maiores e mais revolucionários astros do rock gravam álbuns há décadas. Não se surpreenda. Coloque seus óculos escuros e sorria. Você está em West Hollywood, a cidade rebelde da costa da Califórnia.

Fundada por interruptores

Há uma história de não conformidade aqui. "Está absolutamente no ar", diz a cantora de rock moradora de West Hollywood, Kat Meoz. "A cidade é repleta de pessoas com a mente aberta." No final da década de 60, os confrontos entre adolescentes e a polícia eram frequentes na Sunset Strip, um reduto de casas noturnas de Los Angeles. A cultura jovem estava revoltada com o toque de recolher imposto pelas autoridades como meio de controlar a algazarra noturna. Chamados de "Tumultos Hippie", eles deram o tom para o que West Hollywood viria a representar.

Como mariposas atraídas pela luz, a energia rebelde dos tumultos atraiu as estrelas do rock mais notáveis dos anos 70. Artistas como The Doors, The Byrds, Frank Zappa, The Rolling Stones e muitos outros tornaram-se figuras frequentes na Sunset Strip.

A PRIDE (Direitos Pessoais em Prol da Defesa e Educação), a organização nacional de direitos dos homossexuais foi fundada no The Hub, um bar local de West Hollywood. E em 1984, a cidade elegeu a primeira Câmara Municipal, composta em sua maioria por homossexuais. Os jornais declararam a cidade como o primeiro "Município Gay".

Jogando bingo com uma drag queen em um bar de West Hollywood

Jogando bingo com uma drag queen em um bar de West Hollywood
Ver mais

Como uma festa sem lista de convidados

"Qualquer pessoa é bem-vinda em West Hollywood, não importa o gênero, a orientação sexual ou a profissão", diz Kat. West Hollywood nunca se intimidou com sua importância simbólica para a comunidade LGBTQ. Hoje, isso é visível em toda parte. Até as faixas de pedestres têm as cores do arco-íris. Imigrantes de toda parte movidos pelo ativismo se reuniram para se juntar a essa comunidade gay, marcando presença em galerias, boutiques, cafés new age e redutos de música ao vivo ao longo da Sunset.

O boulevard faz jus ao nome que recebeu. As atrações da Sunset em West Hollywood são muito famosas. Faça uma parada no hotel local Chamberlain West Hollywood para apreciar uma vista panorâmica espetacular. Depois, visite o Troubadour em Santa Monica para curtir a música ao vivo. Esta modesta instituição de West Hollywood ajudou a promover as carreiras de Elton John, James Taylor e Tom Waits, mas até mesmo os menos conhecidos podem reservar o local para uma apresentação.

O que mais você verá em sua viagem? A voz desconhecida de uma geração? Um protesto de grande importância política? Uma lenda da música? O que quer que você encontre, será inesquecível.

Kat Meoz explorando uma rua de West Hollywood

Kat Meoz explorando uma rua de West Hollywood
Ver mais
Explorar mais
A Colorado Street Bridge, com arcos concretos no estilo Beaux Arts, construída em 1913

Destino

Pasadena