Skip to main content
Visita ao Glacier National Park

Montana

Visita ao Glacier National Park

Por: Jenny Willden

1 de 1
  • Estados:
    Montana

Na região alta do Oeste dos EUA, onde o estado de Montana encontra-se com o Canadá ao norte, encontra-se o Glacier National Park, uma vasta área com mais de 4.047 quilômetros quadrados.

A região foi esculpida pelas geleiras por milhares de anos, criando uma das áreas mais belas do país, com 762 lagos, 175 montanhas e 25 geleiras. Não impressiona que o parque atraia mais de 2 milhões de visitantes por ano. Muitos visitam o parque durante o verão, entre os meses de junho e setembro, quando fica mais fácil percorrer as estradas do parque, devido à ausência de neve. O parque também permanece aberto durante o restante do ano. No inverno, entre os meses de dezembro e março, os visitantes podem fazer caminhadas na neve, escalar no gelo, praticar esqui cross-country e aproveitar para admirar as paisagens, sem as multidões habituais. Independentemente da época do ano, há algumas vistas e atrações imperdíveis para a sua visita ao Glacier National Park (Parque Nacional Glacier).

Siga por uma bela estrada histórica

Considerada um dos mais belos trechos de estrada do mundo, a Going-to-the-Sun é um Patrimônio Histórico Nacional, além de ser uma verdadeira maravilha da engenharia, construída em 1932. Siga pelos 80 quilômetros de estrada pavimentada do parque para admirar as vistas do Logan Peak (Pico Logan), da Continental Divide (Fronteira Continental) e das geleiras.

A rota permanece aberta de junho ou julho até o início do outono, em setembro, mas isso varia conforme a precipitação de neve. No primeiro mês da temporada, a estrada permanece aberta somente para travessia de bicicleta e a pé.

De carro, a viagem sem paradas leva duas horas e apresenta vistas impressionantes, lagos glaciais, cachoeiras, florestas e, até mesmo, cabras-montesas. Logo no início do trajeto, faça uma parada no Wild Goose Island Overlook (Mirante da Ilha Wild Goose), para ver uma das áreas mais fotografadas do parque. Pare em pontos específicos para ver as maravilhas do parque, como a sétima maior geleira do parque, no Jackson Glacier Overlook (Mirante da Geleira Jackson). A região também conta com cachoeiras impressionantes, como McDonalds, Bird Woman e Haystacks, que alcançam mais de 170 metros de altura.

A oeste de Logan Pass, passe pela Weeping Wall, uma formação geológica única onde a água brota das rochas, jorrando água nos carros durante a primavera, entre os meses de março e junho. E não é só o cenário que impressiona. Por toda a estrada, principalmente no trecho próximo ao Logan Peak, é possível avistar muitos animais selvagens, principalmente carneiros-selvagens e cabras-montesas.

Caminhada até o lago St. Mary e a Baring Falls

Ao longo da Going-to-the-Sun Road, faça uma parada no Sunrift Gorge (Desfiladeiro Sunrift) para acessar a trilha que leva à Baring Falls, uma cachoeira de 7 metros de altura que deságua no lago St. Mary. O trecho de 1,2 quilômetro de extensão – apenas uma fração dos 1.126 quilômetros de trilhas para caminhadas do parque – segue um riacho repleto de cachoeiras, até chegar à Baring Falls e ao lago glacial de águas verde-azuladas. No local, os visitantes podem sentar-se à beira da água para observar a pesca de pequenos pássaros cinzentos, típicos da região.

Observação de animais selvagens no lago McDonald

McDonald é o maior lago do parque. Com 16 quilômetros de largura, ele foi esculpido pelo poder das geleiras. Acessível para cadeiras de rodas, a Trail of the Cedars (Trilha do Cedro) começa nesse local. Além disso, é possível tomar um barco para explorar o lago. Você, provavelmente, vai conseguir avistar carneiros-selvagens, cabras-montesas, alces e veados em meio às montanhas, aos cedros e aos pinheiros.

Porta de entrada para as geleiras: lago Flathead

No maior lago de águas doces a oeste do rio Mississippi, as águas cristalinas de Flathead e os 257 quilômetros de margens arborizadas criam uma das paisagens mais pitorescas de Montana, cercada pelas montanhas Mission e Salish. Quem chega ou sai do parque, pelas estradas Highway 35 e Highway 93, tem as melhores vistas da região.

Mas há muito mais opções do que apenas descansar, e os visitantes podem alugar caiaques, canoas, barcos e veleiros, além de aproveitar para pescar. O lugar também é ótimo para avistar animais, já que o lago abria 75 espécies de pássaros, veados, carneiros-selvagens e ursos.

Explorar mais
Preparação para andar de caiaque no rio Yellowstone

Destino

Billings