Skip to main content
O presidente americano Theodore Roosevelt e o conservacionista John Muir são retratados por atores no Yosemite National Park, Califórnia

Califórnia

A viagem de acampamento mais importante da história dos EUA

Por: Chris Blose

MacGillivray Freeman Films
1 de 1
  • Estados:
    Califórnia

O dia começa a clarear em Mariposa Grove, no Yosemite National Park, na Califórnia.

A neblina preenche o ar sereno, misturando-se com o sol da manhã e inundando um acampamento cercado por sequoias de cerca de dez metros em diâmetro, dando um aspecto surreal. Aqui, atores interpretando o presidente norte-americano Theodore Roosevelt e o conservacionista John Muir discutem a necessidade de proteger a natureza norte-americana.

Foi durante o tempo que passaram juntos que tiveram a ideia de criar o sistema de Parques Nacionais dos EUA. A viagem de acampamento retratou esta cena que, posteriormente, levou ao estabelecimento da impressionante gama de parques, monumentos, refúgios de animais silvestres e outras terras protegidas das quais, hoje, podemos usufruir. Esta parte crítica do filme America Wild: National Parks Adventure: apresentado por Expedia e Subaru, chega até você através da mágica da produção de filmes da MacGillivray Freeman Films.

Entretanto, como observou o produtor Shaun MacGillivray, essa mágica não teria ocorrido sem a magnificência e o mistério que o Yosemite oferece. Esses foram os passos dados pela equipe da MacGillivray Freeman Films para dar vida a uma cena tão icônica:

Trabalho incrivelmente talentoso.

A cena filmada em Mariposa Grove captura uma das viagens de acampamento mais importantes da história da conservação nos EUA. No curso de sua presidência, Roosevelt assinou as leis que instituíram cinco desses parques, entre os quais o Yellowstone National Park, em Wyoming, o Grand Canyon National Park, no Arizona, e o Yosemite National Park, na Califórnia.

A MacGillivray Freeman Films convidou os atores Joe Wiegand e Lee Stetson para dar vida a esta história. Wiegand é conhecido por seu monólogo no qual representa o Presidente Roosevelt. Stetson, por sua vez, interpreta Muir na aclamada série sobre os Parques Nacionais Americanos criada pelo documentarista e produtor de cinema Ken Burns. Ambos conseguem permanecer interpretando essas figuras históricas praticamente em período integral e incorporam os papéis de tal forma a até emularem o sotaque escocês de Muir.

“É isso que eles fazem, e são mestres nisso”, comentou MacGillivray. “Além disso, Muir era conhecido por sua icônica barba. E não foi preciso fazer nada especial para deixar a barba de Lee Stetson parecida com a de Muir. Aquela é a barba dele de verdade.”

Os atores que representaram o presidente norte-americano Theodore Roosevelt e o conservacionista John Muir no filme America Wild: National Parks Adventure são atores veteranos de recriações históricas, que dão vida a esses personagens regularmente.

Diretor e ator no papel do Presidente Theodore Roosevelt e o conservacionista John Muir no filme America Wild: National Parks Adventure
Ver mais
MacGillivray Freeman Films

Na hora de filmar, seja grandioso.

Se você quer capturar as imponentes sequoias, as maiores árvores do mundo, e a plena escala da beleza natural de Yosemite, você deve utilizar o maior formato de filmagem possível.

“O filme IMAX ainda tem a maior resolução”, observou MacGillivray. “Quando você quer dar aos espectadores a sensação de que estão dentro da cena, não há opção melhor. Quando você quer mostrar uma vista enorme e em ângulo aberto da grandiosidade dessas árvores, é assim que se filma. Estamos sempre em busca da melhor qualidade.”

O presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt e o conservacionista, John Muir (interpretados por atores), reconheceram a beleza das paisagens do país.

Durante as filmagens de "America Wild: National Parks Adventure in Yosemite National Park"
Ver mais
MacGillivray Freeman Films

Respeito pelos animais silvestres.

Muir e Roosevelt tinham grande respeito pela vastidão que os cercava. Os produtores do America Wild National Parks Adventure também.

Para tanto, levaram uma equipe de filmagem pequena e menos equipamentos do estilo Hollywood à locação. Em vez de utilizar holofotes enormes para iluminar as cenas, a equipe deu preferência à iluminação natural. Uma máquina de neblina ajudou a criar um ar de mistério, mas o próprio clima já imbuiu o ambiente com neblina e mistério reais.

Por respeito à natureza, a equipe de filmagem também teve que criar uma cena de fogueira sem utilizar chamas de verdade. Por sorte, alguns dos criativos diretores de arte ofereceram uma solução.

“Você não está autorizado a ficar com nenhuma chama aberta, então utilizamos luzes especiais que imitam uma fogueira”, explicou MacGillivray. “Se olhar bem de perto, verá que são apenas luzes, mas de longe tudo parece muito real.”

É assim que a mágica da produção de filmes ajuda a preservar a glória da natureza. Veja você mesmo essa magia: o filme America Wild: National Parks Adventure  estará em cartaz nos cinemas de todo o mundo em 2016.

Tópicos relacionados: