Skip to main content
Anoitecer no bar de jazz, Green Mill Cocktail Lounge

Illinois

Tour pelos bairros de Chicago: 3 pontos imperdíveis para amantes de música

Por: Idoia Gkikas

1 de 1
  • Estados:
    Illinois

Desde muito tempo atrás, a central internacional de viagens de Chicago, famosa por suas atrações de nível mundial, atrai músicos de todos os gêneros.

Quando o assunto é cena musical, é difícil superar a cidade que ajudou a cultivar sons que vão do blues urbano com Muddy Waters até as músicas alternativas de Wilco. Não importa o que faz você querer sacudir, você encontrará aqui. Confira esses bairros de Chicago para ouvir um jazz estiloso, bandas grunge de garagem, artistas famosos; e talvez até mesmo um próximo ídolo.

Uptown: capital histórica do entretenimento

A região Uptown de Chicago conta com prédios reformados ao estilo Art Deco, uma orla popular ao longo do Lago Michigan e diversas influências culturais, do Vietnamita ou Etíope ao Apalache. Desde os primeiros dias do cinema mudo, há mais de um século, o bairro é a capital do entretenimento local. Aberto in 1907, o Green Mill Cocktail Lounge traz performances de jazz que vão até altas horas, sete dias por semana. Por fora, o Riviera Theatre, de 1917, parece um pouco com uma casa de um filme antigo, e isso por que realmente era uma até se tornar uma casa noturna privada em 1986 e, posteriormente, uma casa de shows. Assista a um show no “The Riv” e talvez você veja artistas desde Marilyn Manson até Ben Folds em um interior belíssimo ao estilo do renascimento francês.  

Dançando ao som de um jazz animado e ao vivo no Green Mill Cocktail Lounge

Dançando ao som de um jazz animado e ao vivo no Green Mill Cocktail Lounge
Ver mais

Wicker Park e Bucktown: Vibes independentes

Em Wicker Park e Bucktown, descubra uma infinidade de lojas vintage, restaurantes independentes, lares históricos reformados e comunidades artísticas que são modernas e ativas. Caso prefira locais musicais mais discretos, como bares clássicos e drinques baratos, você encontrará tudo isso aqui. Do lado de fora, o Empty Bottle não parece ser grande coisa, mas dentro desse estabelecimento de esquina está um palco íntimo, no qual você ouvirá de tudo, desde música country até punk rock. O Hideout também é um local underground com um pequeno palco e seleção eclética de músicas que inclui country, metal e compositores introspectivos, além de fregueses leais na audiência.

The Empty Bottle, um ponto musical eclético

The Empty Bottle, um ponto musical eclético
Ver mais

Logan Square: estabelecimentos de todos os tamanhos

Famoso por sua vibe artística e bulevares panorâmicos, além de ter o mesmo nome que a praça central, o Logan Square é um dos bairros proeminentes de Chicago que mantém uma vibe de cidade pequena. Os amantes de blues podem encontrar um lugar feliz no Rosa’s Lounge, um estabelecimento familiar que conta com blues de última ponta sete dias por semana. Não deixe que o espaço discreto engane você; o Rosa’s foi nomeado o melhor bar de blues em Chicago pelo New York Times. Você encontrará um pouco mais de espaço para dançar no Concord Music Hall, um local novo e mais amplo, onde o calendário musical diversificado inclui grandes nomes e pós-shows íntimos; ouça hip-hop em um dia e bachata ou eletrônica no outro.

Sessão de blues improvisado no Rosa’s Lounge

Sessão de blues improvisado no Rosa’s Lounge
Ver mais

Como chegar

Os aeroportos internacionais de Chicago O’Hare (ORD) e Chicago Midway (MDW) operam voos provenientes de vários lugares do mundo. Você pode alugar um carro no aeroporto, mas Chicago conta com convenientes opções de transporte público e é muito fácil se locomover pela cidade.