Skip to main content
Morador local de Traverse City
1 de 1

Bem-vindo a Traverse City, Michigan

Existem poucos lugares no mundo que são especialmente notáveis por sua conexão com a terra. O Condado de Leelanau, Michigan, também conhecido como "Península Inferior", é um desses lugares. Aqui, no "Little Finger", ou dedo mindinho, que os moradores locais chamam carinhosamente de Luva de Michigan (porque o formato de Michigan se assemelha a uma luva), os povos nativos já pescavam e saíam em busca de alimentos muito antes do surgimento de agricultores e caçadores, produtores de cerveja e de vinho de hoje. As pessoas aqui "apreciam a natureza e a generosidade da terra", eles contam. "Sempre foi assim". E não há maneira melhor de conhecer a Península Inferior de Michigan do que sair ao ar livre e se unir aos moradores locais. Para conhecer a cidade como um habitante nativo, perguntamos aos moradores de Michigan o que fazer durante uma visita. Veja algumas sugestões favoritas:

Tudo acontece às margens do lago

A 120 metros acima do reluzente e azulado lago Michigan, o Parque Nacional Sleeping Bear Dunes é um espetacular trecho de 105 quilômetros de areia e prados, florestas de madeira e coníferas, brejos e pântanos. Para um passeio "menos extenuante", comum entre os moradores locais, a Pyramid Point Trail é um percurso de 4,3 quilômetros por áceres e faias, que levam até você a um alto penhasco com vistas estonteantes. Mas a Península Inferior não serve só para diversão no verão. Os moradores locais dizem: "sempre há algo para fazer aqui". No outono, você pode percorrer labirintos de milharais, esmagar uvas com os pés para a fabricação de vinhos ou passear por estradas rurais apreciando as "incríveis explosões de cores das árvores". No inverno, assista ou participe das mundialmente famosas competições de esqui cross-country da região, a corrida de Vasa, ou pratique uma atividade mais tranquila, como esqui alpino no Crystal Mountain.

Guarda florestal de Michigan
Ver mais

Aproveite os alimentos da estação

Michigan é uma terra de estações — e alimentos sazonais. Da colheita de frutas silvestres durante o verão até a pesca no gelo de picão-verde e perca, durante o inverno, caça aos cogumelos, colheita de xarope de bordo na primavera, o Mindinho da Luva de Michigan é um sonho para quem gosta de ir em busca de seus próprios alimentos. Antes do National Morel Mushroom Festival, que acontece em maio todos os anos, pessoas da região vêm para acampar. ("Elas são muito discretas sobre onde fazem a colheita"). Esses aficionados por fungos depois vendem a mercadoria para restaurantes locais, que preparam deliciosos menus a base de cogumelos.

alimentos sazonais de Michigan
Ver mais

Valorize a tradição

Para conhecer realmente a Península Inferior, os moradores locais dizem que é preciso ir a um dos powwows anuais das tribos locais, que são encontros festivos nos quais os visitantes são convidados a aprender sobre a história e as tradições nativas e a se deleitar com peixes e caças selvagens, frutas silvestres e pão frito — uma deliciosa massa frita servida doce ou salgada, feita a base do onipresente "Taco Indiano". (Para encontrar um powwow, um festival ou uma feira, recomenda-se entrar em contato diretamente com as tribos — Little River Band of Ottowa Indians, Grand Traverse Bay Band of Odowa Indians and Chippewa Indians e Little Traverse Bay Band of Odawa.) Fora da temporada de powwow de verão, você pode participar de uma Dança de Roda no inverno, ajudar a economia tribal comprando peixe na Arthur Duhamel Marina de Peshabestown ou adquirindo itens da arte e do artesanato locais, como caixas de espinhos de porco-espinho e objetos com miçangas. Se o seu negócio é jogar, você pode tentar a sorte em um dos três cassinos tribais perto de Traverse City.

Nativos norte-americanos trabalhando com miçangas
Ver mais

Trilha da degustação

Lar dos descendentes de imigrantes alemães, britânicos, irlandeses, poloneses e belgas, Michigan preserva uma longa, gloriosa e próspera cultura cervejeira. A área de Traverse City tem algumas cervejas especialmente exóticas e saborosas. A Right Brain, com uma década, é apreciada pelos moradores por sua cerveja "superexperimental" e o lema "Preserve a curiosidade sobre a cerveja". Para encontrar um pub de cervejas que serve "praticamente todas as cervejas locais", além de fabricar sua própria cerveja e servir deliciosos petiscos provenientes de fornecedores regionais, como a truta defumada de Michigan, os locais recomendam o Rare Bird. Em Northport, a Green Bird é uma vinícola orgânica, pomar e fazenda que produz o próprio vinho, cerveja e sidras fortes e incomuns, como uma sidra suave de 17% de álcool maturada por dois anos em barris de centeio e servida em copo de conhaque. Ou, para um trajeto mais voltado para o vinho, siga pela Old Michigan Highway 37 até The Leelanau Peninsula Wine Trail. Não se esqueça de levar o motorista da vez!

Degustação de vinhos na vinícola Green Bird
Ver mais

Pausa para o almoço

A Village Cheese Shanty de Fishtown é tão conhecida que a maioria das pessoas a chama "Cheese Shop", ou "Loja de queijos". O estabelecimento recebe excelentes elogios por seu pão caseiro tipo pretzel, tão bom que até esgota. Os moradores locais recomendam a "North Shore", um sanduíche BLT recheado de peru, queijo suíço, pepino e maionese de ervas. Dica dos moradores: ligue com antecedência. Para uma elegante refeição francesa — e que os locais chamam de "melhor café da manhã e almoço da região" — a Patisserie Amie em Traverse City serve clássicos franceses impecáveis, como crepes salgados como o "Normande" recheado com presunto, maçã, queijo azul e nozes, e uma tradicional salada Niçoise. Ou, para apreciar um sabor mais tradicional dos Grandes Lagos, visite o Art's Tavern, famoso por seus pratos especializados em peixes, como o "Crusty Whitefish" ou "Peixe branco crocante", coberto com flocos de milho e parmesão e grelhado na frigideira até dourar. O Art’s é uma instituição em Glen Arbor desde 1934, e "está sempre cheio". Junte-se à multidão!

Vinhos finos e sanduíche de queijo
Ver mais
Explorar mais