Skip to main content
Morador local de Kansas City, Missouri
1 de 1

Bem-vindo a Kansas City, Missouri

Kansas City não é uma cidade monótona. Para além de seu adorado churrasco e orgulhosa tradição do jazz, a maior cidade de Missouri apresenta uma instituição de arte de renome internacional, o Nelson-Atkins Museum of Art (Museu de Arte Nelson-Atkins) e um comovente tributo à história afro-americana no Negro Leagues Baseball Museum (Museu do Beisebol das Ligas Esportivas Negras). Há também o Country Club Plaza histórico de estilo espanhol, o primeiro (e mais elegante) shopping center do país e o Kauffman Center for the Performing Arts (Centro Kauffman de Artes Performáticas) com sua arquitetura linda impressionante. Mas, com tudo que Kansas City tem a oferecer, é difícil recusar o chamado da excelente música ao vivo surgindo de todas as direções e a carne defumada macia e deliciosa mergulhada em molho. Para conhecer a cidade como um habitante nativo, perguntamos aos moradores locais de Kansas City o que fazer durante uma visita. Veja algumas sugestões favoritas.

Todos a bordo

O bairro West Bottoms da cidade, que já foi lar de estábulos de gado, fica no encontro entre os rios Kansas e Missouri. Apropriadamente, agora é lar do The Ship, um lounge da época da Lei Seca com tema náutico que foi transformado em bar artístico com um histórico de ser um pouco rústico e receptivo a clientes de todas as classes sociais. A vida noturna colorida de Kansas City foi apenas parcialmente suprimida pela lei de 1919 que baniu o álcool. Em vez disso, a "Paris of the Plains" (Paris das Planícies) abraçou uma atitude de não interferência, tanto com as bebidas quanto com as festas noturnas. A Excursão Kansas City Prohibition Craft Cocktail (Coquetéis Artesanais da Lei Seca de Kansas City) é uma diversão de quatro paradas pela qual Kansas City ficou conhecida como uma das cidades "mais chuvosas" durante o curto período de secura do país. Nesse passeio, aprecie coquetéis nos antigos (e atuais) bares clandestinos, bordéis e casas de má reputação.

Marquise do The Ship
Ver mais

Carne é assunto sério

Entre as grandes capitais do churrasco do país, as carnes de Kansas City são distintas, reverenciadas e um tanto controversas. "Se você perguntar sobre churrasco, cada pessoa vai dar uma opinião diferente em Kansas City", dizem. Cada um tem o seu favorito e vão adorar falar a respeito. A histórica casa do "King of Ribs" (Rei das Costelas), Arthur Bryant tem funcionado a quadras do antigo Municipal Stadium (Estádio Municipal) desde 1958, atraindo dignitários e políticos para se sentarem às suas mesas de fórmica e se lambuzarem com costelas de porco acompanhadas de pão de forma. Outro clássico de Kansas City desde 1946, o Gates BBQ, estabelecimento de administração familiar, fica na Brooklyn Avenue. O destaque do Gates segundo os moradores locais são as extremidades queimadas em um sanduíche imenso. Seu segredo? A carne é fatiada, e não cortada em cubos, para oferecer a proporção ideal entre molho e carne.

cozinheiro com carne no Arthur Bryant's
Ver mais
Mais informações

Eu te vejo em Crossroads

No Crossroads Arts District (Distrito Artístico de Crossroads), cerca de 150 galerias e estúdios de arte estão lado a lado com butiques estilosas e restaurantes badalados em um canto de vários quarteirões no centro de Kansas City que já foi lar de fábricas e armazéns. Desde 2016, quando o novo (e gratuito) bonde de várias paradas de KC começou a operar pelo bairro, o que antes era um enclave boêmio calmo e artístico se tornou um destino popular. Uma instituição exclusiva de Crossroads, o Y J's Snack Bar possui seguidores devotos por apoiar os músicos e artistas locais, e por seus "Third World Specials" (Especiais do Terceiro Mundo) enormes: são ofertas diárias inspiradas pelas viagens do proprietário, como tostadas maias e peixe em folhas de bananeira. Após permanecer no mesmo local desde 1927, o Y J’s (abreviação de "Young Johnny's") foi realocado recentemente para algumas quadras de distância para um espaço maior, mas igualmente eclético. Os tempos estão mudando.

YJ's Snack Bar
Ver mais

All That Jazz

Um clube de jazz interno do American Jazz Museum (Museu do Jazz Americano), o Blue Room ganhou seu nome de um dos clubes noturnos mais famosos no corredor histórico de 18th e Vine. Os moradores locais o adoram por suas apresentações impressionantes e paredes adornadas com lembranças da história musical que é o orgulho da cidade. No bairro Crossroads, o Green Lady Lounge é outro local relativamente novo na cena. Com candelabros em estilo vintage, cortinas vermelhas e atendentes com terno e gravata, esse bar de jazz parece saído diretamente da era de ouro da cidade. Para uma experiência menos refinada, mas igualmente focada na música, os moradores locais recomendam o The Phoenix. Antigo local clandestino, esse canto despretensioso possui um happy hour de sexta-feira à noite bastante popular e um brunch com jazz aos finais de semana perfeito para curar as consequências da noitada anterior.

barman no Green Lady Lounge
Ver mais
Explorar mais