Skip to main content
Chalé no bayou

Louisiana

Nova Orleans e o bayou: explorando as raízes da Louisiana

Por: Amy C. Balfour

1 of 1
  • Estados:
    Louisiana

Essa exuberante paisagem do sul, apelidada de Bayou Country, está repleta de frutos do mar, vida selvagem e animadas comunidades cajuns.

De pântanos escuros repletos de árvores ciprestes a pântanos ensolarados que recebem garças e garçotas, o delta do Rio Mississippi é um paraíso molhado, mas fotogênico. O delta abrange boa parte do sul da Louisiana, onde os rios desaguam no Golfo do México.

Exploração em Nova Orleans

Comece sua jornada pelo centro de Nova Orleans, onde a gastronomia, a música e a arquitetura celebram as raízes creoles e multiculturais da região.

Os imigrantes franceses, espanhóis e caribenhos, bem como os escravos do oeste africano, chegaram a Nova Orleans no início dos séculos XVIII e XIX. Seus descendentes, conhecidos como "creoles", preservaram a cultura vibrante dos antepassados, contribuindo para a diversidade da cidade. As construções creoles, com suas cores vibrantes e os sobrados com sacada, atraem muitos admiradores ao French Quarter. Sabores de todo o mundo, como o quiabo do oeste africano, as folhas de louro nativas da América e o roux francês, misturam-se em "gumbos" extremamente saborosos. Nova Orleans recebe eventos de todos os tipos. Os desfiles temáticos do Mardi Gras têm de tudo, de cachorros a sapatos femininos, passando pelo famoso personagem de Guerra nas Estrelas, Chewbacca.

Abasteça as energias com um café e beignets, que são bolinhos típicos da região, no Café du Monde, no bairro French Quarter. Depois, atravesse a rua para explorar o parque Jackson Square. O bonde St. Charles Streetcar faz uma parada ao lado do National WWII Museum e segue até o Garden District. Encerre o passeio com um clássico sanduíche po’boy no Parkway Bakery and Tavern e uma apresentação de jazz no Preservation Hall.

As ruas do French Quarter, em Nova Orleans, estão repletas de sacadas, construções com tijolo aparente e sotaques carregados.

As ruas do French Quarter, em Nova Orleans, estão repletas de sacadas, construções com tijolo aparente e sotaques carregados.
Ver mais

Como chegar ao Bayou Country

A melhor forma de explorar a região do delta é de carro. A U.S. Highway 90 é a principal rodovia que atravessa a região e suas áreas úmidas mais baixas. Saindo de Nova Orleans, siga 245 quilômetros para o oeste, em direção a Lafayette, Louisiana.

Conheça o Jean Lafitte National Historical Park & Preserve

Faça sua primeira parada no Jean Lafitte National Historical Park & Preserve, parque cujo nome homenageia Lafitte, um pirata franco-americano que contrabandeava mercadorias e escravos vindos dos pântanos de Nova Orleans, no início do século XIX. Hoje, as passarelas de madeira serpenteiam pelos pântanos misteriosos na Barataria Preserve, uma reserva de 9.308 hectares, com trilhas que passam por crocodilos, ciprestes, carvalhos e um monte feito de conchas pelos antigos habitantes, os índios americanos. A cultura cajun chama atenção 95 quilômetros a oeste do Wetlands Acadian Cultural Center, em Thibodaux. O povo cajun descende dos refugiados franco-canadenses que migraram para Bayou Country no final do século XVIII, e muitos desses refugiados dedicaram-se à pesca e à caça nos canais. Os passeios de barco guiados por guardas florestais exploram o canal Bayou Lafourche na primavera e no outono.

Explore o pântano

O delta do rio Mississippi está desaparecendo na proporção de um campo de futebol americano (110 metros por 49 metros) por hora devido à força do homem e da natureza. Para explorar a frágil beleza da região, siga 26 quilômetros em direção ao sul, até Houma. O Intracoastal Waterway e diversos canais atravessam essa cidade de 34 mil habitantes, sendo um ótimo ponto de partida para os passeios pelo pântano, que incluem opções ecológicas, opções que permitem alimentar os crocodilos e excursões voltadas à história e à cultura local. Na água, fique atento ao misterioso rougarou. De acordo com o folclore cajun, essa criatura de olhos vermelhos lembra um lobisomem e vaga pelos pântanos em busca de crianças levadas e católicos que não respeitam a Quaresma.

Os pântanos do delta do rio Mississippi abrigam crocodilos e o povo cajun.

Os pântanos do delta do rio Mississippi abrigam crocodilos e o povo cajun.
Ver mais

Passeie por Jungle Gardens e experimente o molho Tabasco

A Avery Island é uma ilha formada por um imenso domo de sal. Desde 1868, a família McIlhenny trabalha com a mineração do sal utilizado em seus icônicos molhos de pimenta, Tabasco. Conheça um pouco desse molho picante em um passeio pela fábrica e explore o jardim botânico Jungle Gardens, aberto ao público por um dos presidentes da empresa, Edward Avery "Ned" McIlhenny, em 1935. Em torno do canal Bayou Petite Anse, esse parque de 69 hectares está repleto de plantas exóticas, flores coloridas e carvalhos. Os crocodilos arrastam-se pesadamente pelas trilhas e garçotas alçam voo das colônias da região.

Gastronomia e entretenimento em Lafayette e Breaux Bridge

Quarenta e oito quilômetros ao norte, a cidade de Lafayette e a cidade Breaux Bridge, nas proximidades, são o centro da dança da cultura cajun. As multidões vão curtir a noite no famoso Blue Moon Saloon, com suas apresentações animadas de bandas cajun e zydeco. Continue dançando em Breaux Bridge no Café Des Amis, onde as bandas de zydeco e o café da manhã cajun mantêm a animação aos sábados de manhã.

Mais de 35 mil pessoas visitam a cidade no começo de maio para participar do Breaux Bridge Crawfish Festival. O lagostim, que se parece com uma minilagosta, abunda nos pratos da região entre os meses de março e junho. Peça uma caldeirada de lagostim para viagem no Louisiana Crawfish Time em Lafayette e saboreie os crustáceos no Bayou Cabins, onde as cabanas de madeira decoradas com luzes têm vistas para o canal Bayou Teche.

O Café Des Amis em Breaux Bridge garante a diversão de seus visitantes em apresentações de bandas de zydeco e café da manhã cajun.

O Café Des Amis em Breaux Bridge garante a diversão de seus visitantes em apresentações de bandas de zydeco e café da manhã cajun.
Ver mais

Explorar mais

Mark Twain Riverboat on the Mississippi in Hannibal, Missouri
Ver mais

Experiência

Hannibal