Skip to main content
Mapparium
1 de 1
  • Estados:
    Massachusetts

Um gigantesco globo de vidro visto pelo lado de dentro construído em 1935.

No início da década de 1930, Chester Lindsay Churchill, um arquiteto de Boston, foi contratado para projetar a nova sede da Christian Science Publishing Society (Sociedade Publicadora da Ciência Cristã) para competir com a sede de outro grande jornal daqueles dias. O prédio do The New York Daily News ostentava seu famoso e gigantesco globo giratório. Naturalmente, o Christian Science Monitor (Monitor da Ciência Cristã) tinha de construir outro melhor.

Entre no Mapparium, um globo de três andares feito de vitrais e visto de dentro, dividido ao meio por uma passarela de vidro. Antes iluminado por centenas de lâmpadas, hoje brilha com a luz de LEDs.

Uma nova perspectiva

No Mapparium, você tem a rara oportunidade de ver o mundo sem distorções na superfície da Terra. Mesmo quando olhamos para um globo preciso, os tamanhos relativos dos continentes ficam distorcidos pela perspectiva, pois a forma esférica faz as diversas regiões parecerem diferentes dependendo da distância do observador. Porém, quando a visão parte exatamente do centro do globo, o olho se situa na mesma distância de cada ponto do mapa.

É fascinante ter essa visão da Terra pela primeira vez. A África é gigantesca. A América do Norte, a Europa e a Ásia se aglomeram em torno do Polo Norte. É preciso virar quase toda a cabeça para cima para poder vê-las. De repente, as dimensões e a posição dos continentes que você supôs conhecer parecem totalmente estranhos.

Apesar da precisão em termos do tamanho relativo e posição dos continentes, as fronteiras políticas do mapa estão desatualizadas. O Mapparium não mudou desde 1935. Ainda é possível localizar Siam e a Indochina Francesa, mas não Israel ou a Indonésia. A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (USSR) ocupa uma área imensa. A África ainda é um grande bloco de colônias europeias.

De todos os aspectos do Mapparium, o mais curioso é a acústica. Ao ficar bem no centro da esfera perfeita, você ouve sua voz em um som amplo totalmente envolvente. As paredes curvas de vidro não absorvem as ondas de som, mas as fazem reverberar. Por essa razão, quem está em um extremo da ponte pode ouvir o sussurro da pessoa no outro extremo perfeitamente. Esse efeito é chamado de "galeria sussurrante".

O que você deve saber antes de ir

O Mapparium fica na Mary Baker Eddy Library (Biblioteca Mary Baker Eddy), um museu da Blue Star. O espaço abre diariamente das 10h às 17h. (as excursões para o Mapparium que acontecem nos últimos 20 minutos de funcionamento começam às 16h40) Entrada geral de US$ 6,00. Não é permitido tirar fotos dentro do Mapparium.

Conteúdo criado originalmente para a Atlas Obscura.

Mais informações

Tópicos relacionados:

Explorar mais