Skip to main content
Fly Geyser (Gêiser Fly)
1 de 1
  • Estados:
    Nevada

Uma colisão de erro humano e pressão geotérmica natural criou essa maravilha geológica da cor do arco-íris.

Este exótico gêiser às margens do Black Rock Desert (Deserto de Black Rock) é, na verdade, artificial. Artificial por acidente. Existem dois gêiseres na propriedade Fly Ranch. O primeiro foi criado há quase 100 anos como uma tentativa de tornar uma parte do deserto utilizável para a agricultura. Um poço foi perfurado, obtendo-se água fervente geotérmica de 200 graus. Obviamente, como sua água não era adequada para irrigação, este gêiser foi abandonado e, com o passar do tempo, formou-se um cone de carbonato de cálcio com cerca de 4 metros de altura.

Uma aparência extraordinária

Em 1964, uma empresa de energia geotérmica foi contratada para perfurar um poço de teste bem no mesmo local. A água que atingiram foi a mesma de 200 graus. Quente, mas não o suficiente para os fins pretendidos. O poço foi supostamente vedado outra vez, mas, aparentemente, não se conteve. O novo gêiser, a poucos metros ao norte do original, roubou a pressão de água deste fazendo o mesmo secar.

Este segundo gêiser, conhecido como Fly Geyser, cresceu substancialmente nos últimos 40 anos, com depósito de minerais e água geotérmica em pleno deserto. Como existem vários jatos de gêiser, este gêiser não criou um cone tão grande quanto o primeiro, mas sim um montículo de aparência exótica em constante crescimento. O gêiser é coberto por algas termofílicas, que florescem em ambientes úmidos e quentes, resultando em vários tons de verde e vermelho que conferem ao local sua aparência extraordinária.

Saiba antes de ir

O gêiser pode ser visto da State Route 34 ao norte da cidade de Gerlach. O gêiser em si é de propriedade privada.

Conteúdo criado originalmente para a Atlas Obscura.

Mais informações

Tópicos relacionados: