Skip to main content
Motown Museum
1 de 1
  • Estados:
    Michigan

Motown e muito mais

Detroit, no estado do Michigan, foi uma das paragens da digressão musical do cantor e compositor da Irlanda do Norte Foy Vance pelos Estados Unidos da América. Mais conhecido como o lar do automóvel e da Motown, Vance descobriu que havia muito mais para ver esta cidade vibrante "de pessoas engenhosas".

"Detroit superou tanto, e alcançou grandes feitos, que inspirou um certo espírito de luta em todos", observa Foy. "É incrível, a cultura, as pessoas, a cidade. A transformação é real e bela. É um lugar que se tem de visitar e ver por si mesmo".

Foi em Detroit que nasceu a Motown (nome dos automóveis de Detroit, abreviatura de "Motor Town"). A editora Motown foi a criada por Berry Gordy III e passou a ser uma das maiores histórias de sucesso do século XX, tornando-se na casa de Marvin Gaye, Stevie Wonder, Diana Ross e Michael Jackson, entre outros.

No entanto, como o guia de Foy, Dame Wilburn, explicou, há muito, muito mais na cena musical de Detroit do que a Motown. Foi em Detroit que George Gershwin colaborou com Jerome Remick; onde cantores de blues, grandes bandas e artistas de jazz, como Duke Ellington, Ella Fitzgerald e Count Basie foram atraídos para tocar em bares, como o lendário Baker's Keyboard Lounge e Cliff Bell's; e onde artistas tão diversos como Madonna, Eminem e "The White Stripes" começaram. E, claro, foi em Detroit que o Reverendo C. L. Franklin apresentou a sua filha, Aretha, ao público.

Cliff Bell's
Ver mais

A Cidade do Automóvel

Nenhuma viagem a Detroit estaria completa sem uma visita à casa do icónico Modelo T da Ford.

Em 1950, o automóvel transformou Detroit numa das maiores cidades da América. Foi o lar das maiores fabricantes de automóveis - Ford, Chrysler e General Motors - que dominaram, na época, a indústria automobilística mundial.

A fábrica Ford Piquette Avenue Plant de Detroit, berço do Modelo T, é considerada um dos mais importantes patrimónios automotivos do mundo. É um local de peregrinação para os entusiastas de automóveis, com os seus modelos antigos e passeios, com guias apaixonados e conhecedores.

Ford Piquette Avenue Plant
Ver mais

Fazer alguma coisa a partir de nada

Quando Foy Vance visitou Detroit, descobriu uma comunidade de pessoas capazes de fazer algo especial a partir de nada. "Eles são incrivelmente engenhosos", observou Foy. "Não têm uma abordagem sem sentido para tudo... Se eles podem fazer isso, então vão fazê-lo."

Um dos lugares que Foy visitou foi o Wallace Detroit Guitars, onde todos os instrumentos são feitos com madeira recuperada. O fundador, Mark Wallace, iniciou a empresa em 2014 com a determinação de fazer algo a partir do material de edifícios em ruínas, combinando o amor musical de Detroit com o seu talento para fazer objetos.

Foy ficou tão impressionado com o artesanato que encomendou, logo, uma guitarra.

Detroit Institute of Arts
Ver mais

A não perder: alguns dos nossos destinos favoritos em Detroit, Michigan

  1. O verdadeiro Detroit é, talvez, mais evidente nos clubes de jazz e speakeasies que estão espalhados pela cidade. Foy almoçou em Cliff Bell's, que o atual coproprietário Paul Howard, amorosamente, restaurou. Em alternativa, pode ir-se ao Baker's Keyboard Lounge, "o clube de jazz mais antigo do mundo", aberto por Chris e Fannie Baker, em 1933.
  2. A Fábrica Ford Piquette Avenue é o berço do Modelo T, um carro que é creditado como o primeiro automóvel acessível. Hoje, funciona como museu e sítio histórico, uma paragem essencial para cada visitante da cidade.
  3. Faça um passeio pelo Parque Comerica, lar da equipa de beisebol dos "Tigres de Detroit", com seu museu de história do beisebol, roda gigante e uma enorme fornte de água o que pode ser coreografada com qualquer música - é um dia norte-americano por excelência e um ótimo lugar para experimentar um Coney Dog, o arquétipo do cachorro-quente de Detroit.
  4. Hitsville U.S.A., sede do Motown Museum, é um verdadeiro santuário sobre Berry Gordy e o estilo de música que ele descobriu e defendeu em Motor Town. Aqui, os visitantes podem recuar no tempo e mergulhar no mundo de Marvin Gaye e das "Supremes".
  5. Faça uma caminhada pelos arredores de Detroit para descobrir algumas das impressionantes arquiteturas Art Déco da cidade, como o The Guardian Building ou o Fisher Building. Muitas das estruturas icónicas foram preservadas e restauradas, nos últimos anos.
Cliff Bells
Ver mais

A nossa banda sonora de Detroit:

Durante a sua vista, Foy foi surpreendido pela pianista de jazz local Alexis Lombre. Ela junta-se a uma lista de nomes conhecidos da nossa banda sonora essencial de Detroit.

  • "A Blues in Tyne" a primeira escolha de Foy, de Alexis Lombre (2017).
  • "Please Mr Postman" do Marvelettes (1961), o primeiro hit #1 a sair da Hitsville USA.
  • Eminem wrote "Lose Yourself" whilst on the Detroit set of 8 Mile.
  • "A Child is Born" de Thad Jones e a Mel Lewis Orchestra (1970) é uma das músicas dos artistas de jazz da área de Detroit que se tornaram um padrão no jazz.
  • Da banda de Detroit, The White Stripes, "Fell in Love with a Girl" (2001).
  • Quem poderia esquecer "Superstition" de Stevie Wonder (1972), um dos produtos mais famosos da Motown?
  • O primeiro grupo de rap de Detroit a produzir um hino de verão urbano, "Tainted" (2002) de Slum Village, conquistou-lhes o respeito de Kanye West.
  • Aretha Franklin's "Respect" (1967) foi gravado no Dia dos Namorados.
Detroit Eastern Market
Ver mais
Explorar mais
De Zwaan visto a partir do Windmill Island Gardens

Destino

Holland