Skip to main content
Cinco lugares incríveis nos EUA para ver as estrelas

Havaí, Novo México, Alasca, Califórnia, Pensilvânia

Cinco lugares incríveis nos EUA para ver as estrelas

Por: Eli Ellison

Mike Sessions / Mauna Kea Summit Adventures
1 of 1
  • States:
    Havaí
    Novo México
    Alasca
    Califórnia
    Pensilvânia

Na escuridão absoluta, observar o brilho do universo é uma experiência que nos traz luz e sabedoria.

Infelizmente, é difícil (ou quase impossível) observar as estrelas em cidades grandes, onde elas são ofuscadas pelas luzes urbanas. Confira aqui cinco lugares dos EUA onde você pode dar asas ao astrônomo dentro de você.

Mauna Kea, Havaí

Na Big Island, como a ilha Havaí é conhecida no estado, o pico de 4.207 metros de altitude do vulcão adormecido Mauna Kea é praticamente livre de poluição luminosa e lar de um dos melhores observatórios do planeta. É também o único lugar nos EUA onde é possível ver a constelação Cruzeiro do Sul inteira. Dirija-se ao Maunakea Visitor Information Station, entreposto localizado a uma altitude de 2.800 metros no vulcão. Ele oferece um programa de observação de estrelas todas as noites, no qual os turistas podem olhar as estrelas através de telescópios públicos.

Vista do céu à noite no Maunakea Visitor Information Station.

Vista do céu à noite no Maunakea Visitor Information Station.
Ver mais
Mike Sessions / Mauna Kea Summit Adventures

Chaco Culture National Historical Park, Novo México

Neste parque arqueológico localizado no deserto, a 243 km de carro de Albuquerque, no Novo México, é possível maravilhar-se com as constelações, planetas e galáxias incrustados na mais absoluta escuridão, como faziam os povos antigos há mais de mil anos. Muitos dos prédios de pedra da civilização Chaco foram construídos de maneira a alinhar-se com os ciclos solares e lunares, ligando as impressionantes ruínas de hoje a seu passado pré-histórico. Os programas noturnos de observação do céu dão acesso ao telescópio de 635 milímetros do pequeno Chaco Observatory.

Um plano de fundo estrelado ilumina as ruínas da antiga civilização Chaco.

Um plano de fundo estrelado ilumina as ruínas da antiga civilização Chaco.
Ver mais
Chaco Culture National Historical Park

Denali National Park & Preserve, Alasca

A localização isolada e selvagem do parque, 386 km ao norte de Anchorage, Alasca, fazem dele o lugar ideal para observar estrelas. Mas é a alta latitude de Denali a responsável por sua merecida reputação de ponto ideal para ver a aurora boreal. O fenômeno de cores, composto por cortinas de luzes verdes, vermelhas, azuis e roxas ondulando no céu, ocorre quando os ventos solares se misturam aos campos magnéticos e à atmosfera do planeta, resultando em um espetáculo incrível.


Planeje sua viagem entre setembro e abril, quando a escuridão prevalece e as auroras boreais são mais frequentes. Não se esqueça de levar roupas de inverno.    

Aurora boreal vista do Denali National Park & Preserve.

Aurora boreal vista do Denali National Park & Preserve.
Ver mais
Mais informações

Parque Nacional do Vale da Morte, Califórnia

Famoso por sua geologia fantástica e calor intenso, o Parque Nacional do Vale da Morte também conta com um dos céus mais escuros do país graças a sua localização remota: ele fica próximo à fronteira entre Califórnia e Nevada, no oeste dos EUA. A cerca de 193 km das luzes dos cassinos de Las Vegas, você encontra um amplo horizonte e um céu sem nuvens.


Os viajantes podem ficar hospedados em uma das pequenas instalações para turistas, Furnace Creek ou Stovepipe Wells. No entanto, para obter as melhores vistas, dirija-se até os pontos mais escuros, como Badwater Basin e Mesquite Flat Sand Dunes, para garantir o melhor ponto de observação das estrelas. Entre outubro e abril, existe um tour guiado por guardas florestais chamado Moon & Star Program.

Cherry Springs State Park, Pensilvânia

A apenas 293 km das luzes da grande cidade de Pittsburgh, Pensilvânia, a escuridão excepcional e uma manta de estrelas encobrem esse grande espaço selvagem, localizado a uma elevação de 700 metros. Uma clareira entre as homônimas cerejeiras do parque, o Astronomy Observation Field atrai os amantes de observação das estrelas com telescópio de todo o leste dos EUA. Para acessar o campo é preciso fazer registro e pagar uma taxa, mas na Night Sky Viewing Area, do outro lado do campo, não precisa de nada disso. Em condições ideais, a Via Láctea é tão visível que chega a produzir sombras das silhuetas ao redor. As Perseidas, uma famosa chuva de meteoros que costuma ocorrer em agosto, e os populares eventos do parque atraem multidões.

A brilhante Via Láctea vista do Cherry Springs State Park.

A brilhante Via Láctea vista do Cherry Springs State Park.
Ver mais
Terence Dickinson / Pennsylvania Department of Conservation and Natural Resources

Explorar mais

Mark Twain Riverboat on the Mississippi in Hannibal, Missouri
Ver mais

Experiência

Hannibal