USA Radio
West Virginia

Rafting nos rios New e Gauley

Enfrente as corredeiras do "Grand Canyon do leste"


No século XIX, a região de New River Gorge do centro-sul da Virgínia ocidental produziu mais carvão do que em qualquer outro lugar do mundo, com a sua terra esburacada por poços de minas perfuradas nos veios aparentemente ilimitados. Hoje, a parte da mineração na economia do estado encolheu consideravelmente e o rio New e o vizinho rio Gauley tornaram-se dois dos principais destinos de rafting de águas brancas do país, se não do mundo.

O rio New (que, segundo alguns geólogos, é o segundo mais antigo do mundo depois do Nilo) oferece toda uma gama de experiências de rafting ao longo dos seus 85 panorâmicos quilômetros, curvando-se entre encostas florestadas de trezentos metros e passando por cidades mineiras abandonadas. O trecho de 24 quilômetros da parte alta do rio oferece corredeiras de fáceis a moderadas que exigem pouca habilidade de manobra, o que o torna um favorito das famílias e iniciantes. (As oportunidades para caminhadas, mountain biking, pesca e alpinismo não machucam, também.) A parte baixa do rio, por outro lado, desce 82 metros em 26 quilômetros, com ondas grandes em mais de duas dúzias de corredeiras que variam de classe II a classe VI. Este é o trecho que alguns chamam o "Grand Canyon do leste", com os seus altos paredões e o enorme volume de água, especialmente na primavera. No final das corredeiras, avista-se a enorme ponte sobre a garganta do rio New, que mostra o seu lado mais selvagem quando centenas de entusiastas põem paraquedas e saltam dela no Dia da Ponte.

A norte do New, perto de Summersville, o rio Gauley é um dos mais desafiadores do país. Nos anos 60, o Corpo de Engenheiros do exército americano construiu uma barragem de terra e rocha de 40 andares de altura e 694 metros de largura no na parte alta do rio, criando o lago Summersville. No verão, o lago é mantido cheio a uma altitude de 503 metros acima do nível do mar, maximizando as oportunidades para passeios de barco, pesca, esqui aquático e e até mergulho com cilindro. Em setembro e no início de outubro, porém, milhões de litros de excedente de água do lago são liberados, transformando o Gauley em uma fera rugidora com mais de sessenta íngremes corredeiras classe IV e V que ganharam nomes como ‘Que o Céu Ajude Você’ e ‘Puro Inferno Gritante’. O Alto Gauley é a seção mais difícil, que flui por um estreito cânion com quedas médias de nove metros por quilômetro. No Baixo Gauley, corredeiras difíceis são seguidas de baixios calmos que permitem recuperar o fôlego e absorver a beleza dos agrestes bosques dos Apalaches.

Essa ideia de viagem pode ser encontrada em:

1.000 lugares para ver nos Estados Unidos & no Canadá antes de morrer©

Para informações completas sobre os locais mencionados aqui, além de muitas outras ideias de viagens nos Estados Unidos, veja o best-seller de Patricia Schultz.

Bem-vindo ao Descubra a América!

Agora que se inscreveu, você pode guardar ideias de viagem na sua mala.

Comece a explorar

Digite o seu e-mail e nós lhe enviaremos um link para redefinir a sua senha.

Verifique o seu e-mail.

Comece a explorar

A senha da sua conta foi alterada com êxito. Use a sua nova senha para fazer login.

Comece a explorar