USA Radio
Williamsburg, Virginia

Williamsburg Colonial

Voltar no tempo para Virgínia do século XVIII


A Williamsburg Colonial recria meticulosamente o período crucial de 1750 a 1775, fim da era colonial e ansiosa véspera da Guerra Revolucionária. O nível de detalhes é surpreendente, dos atores que retratam estadistas da era Revolucionária, ferreiros, fabricantes de perucas e escravos aos bandos de barulhentos patos e de ovelhas pastando. É o maior e mais popular museu de história viva do país — e um dos melhores do mundo.

Capital política e cultural da Virgínia de 1699 a 1780, Williamsburg foi sede de edifícios de governo e de uma animada cena social da aristocracia colonial. Thomas Jefferson e George Washington passaram um tempo aqui debatendo o mérito de formar um país independente. Em 1926, John d. Rockefeller Jr. deu início a uma restauração de alto a baixo de US$ 68 milhões, na qual 88 dos edifícios originais e quinhentas outras estruturas foram restauradas ou reconstruídas, juntamente com quarenta hectares de jardins e áreas verdes públicas. Hoje, é impossível dizer quais edifícios foram restaurados e quais foram totalmente reconstruídos sobre as suas fundações originais.

Williamsburg é um deleite para adultos e crianças. Andando pelas ruas calçadas de pedra da zona histórica, você pode envolver-se uma discussão improvisada com "Thomas Jefferson", "Martha Washington" ou qualquer outra personagem do amplo elenco de "pessoas comuns" cuidando da própria vida. Você pode comparecer ao julgamento de um ladrão de porcos; assistir a um armeiro fabricando um fuzil de pederneira; inscrever-se para um passeio à luz de velas pelos locais assombrados da cidade; ou ver um desfile da banda de pífaros e tambores da cidade. Visite o palácio de estilo georgiano do governador, com seus extensos jardins de topiarias e labirintos de azevinho, o Capitólio em forma de H, o Palácio de Justiça de 1770 com seus pelourinhos e cepos na frente e a George Wythe House, casa de Thomas Jefferson em 1776, quando ele era delegado à Assembleia Geral da Virgínia. Pare para uma bebida em qualquer das quatro tabernas históricas que oferecem pratos coloniais em ambientes da época.

Construído em estilo Regência do século XIX e decorado com requintados móveis reproduzidos, a augusta pousada Williamsburg Inn de 1937 foi criada como parte da restauração da cidade e vem hospedando notáveis, de rainhas a presidentes, desde seus primórdios. Três campos de golfe soberbos no vizinho Golden Horseshoe Golf Club incluem o Gold Course, um dos melhores de Robert Trent Jones Sr. A Fundação Williamsburg também oferece quartos de hóspedes em 28 casas coloniais restauradas, cada uma com a sua própria história exclusiva.

Nas vizinhanças, há diversões familiares de outro tipo: Busch Gardens, local onde se encontram algumas das montanhas russas mais bem avaliadas do país e um excelente lugar para ver animais. Você pode visitar os lobos cinzentos e maravilhar-se com o tamanho dos cavalos Clydesdale Anheuser-Busch, cada um com pelo menos 1,8 metro de altura e pesando entre novecentos e mil quilos. A cerca de oito quilômetros ao sul de Williamsburg fica a Williamsburg Winery, primeira vinícola moderna da Virgínia e a maior do estado. Ela ajudou a lançar a agora florescente indústria vinícola da região, com cerca de cem vinhedos.

Essa ideia de viagem pode ser encontrada em:

1.000 lugares para ver nos Estados Unidos & no Canadá antes de morrer©

Para informações completas sobre os locais mencionados aqui, além de muitas outras ideias de viagens nos Estados Unidos, veja o best-seller de Patricia Schultz.

Bem-vindo ao Descubra a América!

Agora que se inscreveu, você pode guardar ideias de viagem na sua mala.

Comece a explorar

Digite o seu e-mail e nós lhe enviaremos um link para redefinir a sua senha.

Verifique o seu e-mail.

Comece a explorar

A senha da sua conta foi alterada com êxito. Use a sua nova senha para fazer login.

Comece a explorar