USA Radio
Dallas, Texas

Cultura em Dallas e Fort Worth

Veja uma abundância incomum de arte de categoria internacional


Já havia muitos motivos para gostar do bairro de artes de Dallas antes de 2003; mas, com a abertura do Centro de Esculturas Nasher naquele ano, Dallas começou a se vangloriar de ter o maior distrito urbano de artes do país.

Dedicado ao estudo, preservação e exposição de escultura moderna, o Nasher é um oásis de 5.000 metros quadrados de arte e natureza, localizado bem no centro de Dallas. No interior do edifício puramente moderno projetado por Renzo Piano reside a deslumbrante coleção acumulada ao longo de mais de quatro décadas pelo filantropo e incorporador de Dallas Raymond Nasher e sua falecida esposa, Patsy — mais de trezentas peças, incluindo obras de Rodin, Picasso, Miró, Matisse, Serra, Calder e Degas.

Ao lado ergue-se o Museu de Arte de Dallas, projetado por Edward Larrabee Barnes, um tesouro de obras-primas da arte americanas de artistas como Wyeth e O'Keeffe; obras mais contemporâneas de Warhol, Pollock e Rothko; arte europeia de Renoir, van Gogh, Cèzanne e Monet; e magníficas obras da África, da Ásia e do Pacífico. A um quarteirão de distância, a coleção de arte asiática Crow apresenta um conjunto exemplar de pergaminhos, pinturas, obras de metal e pedra, além de grandes peças arquitetônicas como a fachada de arenito de uma casa do século XVIII da Índia.

Graças à generosidade dos barões do gado, dos magnatas do petróleo e dos reis do algodão de Fort Worth, esta tranquila cidade é o lar orgulhoso não só de uma enorme região de gado mas também de um dos maiores centros culturais do país. A escassos cinco minutos de carro do centro da cidade, o Distrito Cultural exibe cinco museus mundialmente famosos de arte ocidental, clássica e moderna, para não mencionar o Complexo Memorial Will Rogers Memorial e o seu centro equestre de categoria internacional.

Um dos museus mais comentados nos últimos anos é o Museu de Arte Moderna de Fort Worth, o segundo maior depois do MoMA de Nova York em termos de espaço total de exposição. Projetado pelo arquiteto japonês Tadao Ando e inaugurado em 2002, esta obra de arte contemporânea em pedra, vidro e aço tem obras de Pablo Picasso, Mark Rothko, Robert Rauschenberg, Andy Warhol, Roy Lichtenstein e Robert Motherwell.

A poucos metros de distância, o magnífico museu de arte Kimbell, em homenagem a uma família filantrópica local, é há muito reconhecido como um dos mais ricos museus particulares do país, abrigando algumas das mais importantes exposições itinerantes dos EUA em uma estrutura deslumbrante projetada por Louis Kahn. Do Kimbell, caminhe entre um espelho d'água e um gramado verde exuberante para alcançar o museu Amon Carter, batizado em homenagem ao criador do jornal Fort Worth Star-Telegram. Com um projeto emocionante de Philip Johnson, o Carter centra-se principalmente na arte americana.

Uma aquisição mais recente de Fort Worth é o Museu e Hall da Fama Nacional da Vaqueira, primeira instituição a contar a saga das mulheres que ajudaram a construir a história e a cultura do oeste americano. No edifício em estilo Tex-Deco, você pode ouvir as vozes dessas mulheres, assistir filmes em três cinemas e montar uma simulação de cavalo chucro.

Essa ideia de viagem pode ser encontrada em:

1.000 lugares para ver nos Estados Unidos & no Canadá antes de morrer©

Para informações completas sobre os locais mencionados aqui, além de muitas outras ideias de viagens nos Estados Unidos, veja o best-seller de Patricia Schultz.

Bem-vindo ao Descubra a América!

Agora que se inscreveu, você pode guardar ideias de viagem na sua mala.

Comece a explorar

Digite o seu e-mail e nós lhe enviaremos um link para redefinir a sua senha.

Verifique o seu e-mail.

Comece a explorar

A senha da sua conta foi alterada com êxito. Use a sua nova senha para fazer login.

Comece a explorar