Este website usa Cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Saiba mais sobre como usamos os Cookies.

x
OK
USA Radio
Portland, Oregon

Jardins públicos de Portland

Veja por que Portland é chamada Cidade das Rosas


Eis um fato pouco conhecido: os jardins mais espetaculares do mundo são encontrados na zona climática 8 do USDA, clima que Portland compartilha com a maioria das Ilhas Britânicas, grande parte da França, o norte da Itália e grandes áreas do Japão — em resumo, os melhores códigos postais para jardinagem do mundo. Combine esse clima favorável à jardinagem (caracterizado por quatro estações definidas, mas com invernos suaves) com os solos extremamente férteis de Portland, na base do vale do Willamette, e tem-se uma cidade onde — literalmente — tudo são rosas.

Nos meses de tempo glorioso (e seco) entre o final da primavera e o início do outono, o inverno chuvoso de Portland parece ser um preço modesto para pagar por um paraíso dos jardineiros. Os indícios do clima ameno, das chuvas abundantes e dos verões ensolarados da cidade estão por toda a parte, dos jardins públicos mundialmente famosos pertencentes à administração de parques públicos de Portland (que gerencia duzentos parques com mais de quatro mil hectares, incluindo os dois mil hectares do Forest Park, maior parque florestal urbano do país) a bairros onde muitos moradores trocam o tradicional gramado frontal por exuberantes selvas de plantas familiares e incomuns. Os jardins da cidade refletem algo do espírito da própria Portland: vibrante, eclética, criativa e com uma sensação de vida ao ar livre. Este individualismo não-conformista é praticamente o ethos cívico de Portland; e, junto com uma cativante idiossincrasia desalinhada, dá a esta cidade — a maior do Oregon — o seu charme especial.

Portland é chamada ‘Cidade das Rosas’ pelo menos desde a exposição do centenário de Lewis e Clark em 1905, quando foram plantadas roseiras ao longo de trezentos quilômetros de ruas da jovem cidade. O sanctum sanctorum dos entusiastas é o Roseiral Internacional de Testes do Washington Park, nas colinas do centro de Portland. Fundado em 1917, tem mais de sete mil roseiras que representam mais de 550 variedades (a maioria são novos híbridos em teste antes da comercialização) em um magnífico local de dois hectares, com uma vista espetacular para toda a cidade e para o monte Hood. Muitos consideram o Festival de Rosas, celebrado em junho, como a maior festividade da cidade.

Os rododendros também vão bem no clima úmido e ameno de Portland, e o Jardim de Rododendros de Crystal Springs no sudeste da cidade tem 2.500 rododendros e azaleias em um cenário deslumbrante com cascatas, riachos e lagos.

Refletindo a sua localização na Bacia do Pacífico, a cidade tem dois dos melhores exemplos das tradições de jardinagem oriental fora da Ásia. A um pulo de distância do Roseiral Internacional de Teste, o renomado Jardim Japonês de Portland tem cinco tipos de jardim formal em 2,2 hectares de serenidade, com uma casa de chá e tanques cheios de koi. Inaugurado no ano 2000, o Jardim Chinês Clássico de Portland ocupa toda uma quadra do centro da cidade junto a Chinatown, e é o maior do seu tipo fora da China. Foi construído por artesãos de Suzhou, cidade-irmã de Portland, que tem um clima parecido e também é famosa pelos seus jardins — centenas de anos mais velhos, talvez, mas não mais inspiradores.

Tópicos: Jardins, Oregon, Oeste

Essa ideia de viagem pode ser encontrada em:

1.000 lugares para ver nos Estados Unidos & no Canadá antes de morrer©

Para informações completas sobre os locais mencionados aqui, além de muitas outras ideias de viagens nos Estados Unidos, veja o best-seller de Patricia Schultz.

Bem-vindo ao Descubra a América!

Agora que se inscreveu, você pode guardar ideias de viagem na sua mala.

Comece a explorar

Digite o seu e-mail e nós lhe enviaremos um link para redefinir a sua senha.

Verifique o seu e-mail.

Comece a explorar

A senha da sua conta foi alterada com êxito. Use a sua nova senha para fazer login.

Comece a explorar