Este website usa Cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Saiba mais sobre como usamos os Cookies.

x
OK
USA Radio
março 9, 2016

Viagem de trem de costa a costa


Viajar de trem pelos EUA faz você se sentir como voltando no tempo, a cem anos atrás, quando as ferrovias ligavam o país e transportavam pessoas e mercadorias por largas distâncias nunca antes imaginadas. Quando embarcamos em nosso trem com destino a Washington, DC em Los Angeles, Califórnia, logo percebemos que aquela não seria apenas mais uma viagem comum.

Nosso primeiro dia de viagem começou com uma peregrinação pelo centro de Los Angeles, coração da cultura pop americana: visitamos o teatro Microsoft, no LA Live Center, o museu Grammy e o letreiro de Hollywood. Pelas ruas da cidade, encontramos o Iron Man, Mickey Mouse e Marilyn Monroe, todos em apenas um dia. Para finalizar, fomos até o Ace Hotel para tomar drinks no topo do prédio, no bar da piscina, com vistas épicas do horizonte de Los Angeles.

Começamos o segundo dia em Santa Mônica, visitando seu famoso píer. Em nosso caminho a pé entre as praias Muscle Beach e Venice Beach, cruzamos com várias figuras emblemáticas do lugar pelas ruas e vimos lojas vendendo itens inimagináveis; a incrível diversidade de Los Angeles é, sem dúvida, a principal atração do local.

Após dois dias repletos de atividades na "Cidade dos Anjos", embarcamos em um trem dos anos 50, composto por dois vagões-dormitório e um vagão-refeitório com teto em cúpula. Assim, pudemos apreciar a paisagem ao longo de todo o trajeto, enquanto passávamos pelo mágico deserto do sudoeste americano.

Nossa primeira parada foi em Austin, Texas. A capital do estado da estrela solitária é o lar de cerca de 90 mil universitários, 250 casas de shows e 150 lagos interligados na região. Após passar uma tarde explorando as ruas da cidade, voltamos ao trem para continuar nossa jornada em direção ao leste, nos lembrando cada vez mais de nossas aulas de história, até chegar a Alamo, em San Antonio, recentemente nomeada Patrimônio Mundial da UNESCO.

Nosso trem, então, continuou a jornada em busca do sol nascente, até o Bayou de Nova Orleans.

Com o passar dos dias, a vida no trem entrou em um ritmo balanceado e agradável. Tempo e movimento tornaram-se parceiros de viagem, e os outros viajantes tornaram-se amigos e coprotagonistas de nossa aventura, enquanto rodávamos a 90 km/h pelo sul do país.

Continuamos em frente até chegar ao litoral de Baltimore, onde vimos os tubarões no aquário nacional. Tomamos uma balsa para atravessar a baía de Rusty Scupper, onde comemos os caranguejos mais frescos de nossas vidas.

Finalmente, chegamos à Washington, DC, a capital do país, que abriga uma grande variedade de histórias e monumentos em homenagem a pessoas e ideias essenciais à história nacional.

Nunca esqueceremos esta jornada, atravessando do Pacífico ao Atlântico sobre as linhas do trem. Nossas memórias estão cheias de tempestades e desertos do oeste americano e foram construídas sobre os pântanos e gramados intermináveis do sul dos EUA e nas belas cidades que conhecemos pelo caminho.

Leia mais sobre essa viagem
Bem-vindo ao Descubra a América!

Agora que se inscreveu, você pode guardar ideias de viagem na sua mala.

Comece a explorar

Digite o seu e-mail e nós lhe enviaremos um link para redefinir a sua senha.

Verifique o seu e-mail.

Comece a explorar

A senha da sua conta foi alterada com êxito. Use a sua nova senha para fazer login.

Comece a explorar