Skip to main content
Test Image
View More

Condução nos EUA

Categorias

Informações oficiais de viagem

 

1. Coloque a segurança em primeiro lugar

Use o cinto de segurança. Você pode ser multado se dirigir ou transportar passageiros sem cinto de segurança. As crianças também devem ser transportadas em assentos apropriados de acordo com a idade, e sempre no banco de trás.

Você deve acender os faróis ao cair da noite, logo após o pôr do sol, para ver o que acontece no trânsito mais claramente e para que os outros motoristas também possam vê-lo. Há duas intensidades para a luz dos faróis veiculares. Use o farol baixo quando estiver dirigindo pelas estradas na companhia de outros carros e o farol alto somente quando estiver dirigindo sozinho em estradas muito escuras, que passam em meio a parques ou florestas, por exemplo. Nos Estados Unidos, é considerado um sinal de educação trocar o farol alto pelo farol baixo ao encontrar outro carro na estrada. Além disso, não deixe de usar a seta para mudar de faixa ou fazer um retorno.

Se algum motorista estiver fazendo algo indevido e que possa colocar você em risco, pressione o centro do volante para acionar a buzina. Use a buzina somente quando necessário, pois ela pode assustar os outros motoristas. Em algumas cidades, só é permitido buzinar em casos de emergência.

 

 

Muitos estados proibiram o uso de celulares ao volante, principalmente para o envio de mensagens de texto. Consulte as leis em vigor ao seu destino. Em todo caso, é sempre mais seguro deixar para usar o telefone ao chegar ao destino desejado.

Se ouvir ou vir um veículo de emergência, como uma ambulância ou um carro do corpo de bombeiros, com as luzes acesas e/ou as sirenes ligadas, pare e estacione imediatamente, à direita. Se os carros da polícia não solicitarem que você pare, dê passagem para eles. Se você estiver dirigindo e a polícia solicitar que você pare, permaneça dentro do carro. O oficial avisará se for necessário que você saia do veículo.

Tanto em áreas urbanas quanto rurais, fique atento aos pedestres. Caso não haja semáforos, dê preferência aos pedestres que cruzarem a via. Além disso, fique atento às pessoas que pedem carona à beira das estradas. Os motoristas dos Estados Unidos geralmente não dão carona nessas condições e, em alguns estados, essa prática é até mesmo proibida.

2. Permaneça na sua mão na estrada

Dirija na mão certa da estrada, usando a mão contrária apenas para fazer ultrapassagens. Para ultrapassar outros veículos em estradas com apenas duas faixas, você pode usar a pista da esquerda pelo tempo necessário.

As linhas pintadas no centro da via indicam os pontos nos quais é permitido fazer a ultrapassagem. As linhas amarelas indicam a separação do tráfego que segue em direções diferentes. Já as linhas brancas separam as faixas no tráfego que segue na mesma direção. As linhas contínuas indicam que não é permitido fazer ultrapassagens, que só são permitidas em trechos com linhas pontilhadas.

Se estiver dirigindo em uma estrada com diversas faixas, permaneça à direita se estiver seguindo a baixas velocidades ou se planejar virar em breve. Caso contrário, use as faixas da esquerda. Permaneça na faixa central ou da esquerda se for seguir por um bom tempo da rodovia para não atrapalhar o caminho dos motoristas que precisam sair da via.

3. Respeite o limite de velocidade

Pode ser tentador dirigir a altas velocidades, principalmente nas belas autoestradas dos EUA, mas você deve respeitar os limites de velocidade, que são indicados em milhas por hora (uma milha equivale a 1,6 quilômetro) em placas brancas. O limite de velocidade nas estradas principais geralmente é de 65 milhas por hora (cerca de 100 quilômetros por hora), mas isso pode variar. Nas cidades, esse limite geralmente cai para 30 milhas por hora (cerca de 50 quilômetros por hora). Ao sair de estradas principais para tomar estradas secundárias, procure as placas de limite de velocidade para adequar-se ao trânsito local.

Dirigir muito lentamente também pode trazer problemas. Se não souber ao certo qual é o limite de velocidade, acompanhe a velocidade dos demais veículos ao seu redor.

4. Conheça as placas 

Preste bastante atenção, pois as placas nas rodovias mudam um pouco de acordo com o estado. Você pode observar o número das rodovias interestaduais para verificar a direção que elas seguem: as rodovias com numeração ímpar geralmente seguem do norte para o sul e vice-versa, e as rodovias com numeração par seguem do leste para o oeste e vice-versa.

Conheça as placas mais comuns que você pode encontrar nas estradas. As placas são organizadas por formato e cor:

 

As placas vermelhas indicam que o motorista deve parar ou dar a preferência. Elas também podem indicar uma proibição, como uma área restrita.

 

As placas amarelas apesentam avisos, como redução do limite de velocidade à frente ou travessia de pedestres.

 

As placas laranja apresentam informações em áreas em obras e nas proximidades.

 

As placas verdes contêm orientações, como a distância até cidades próximas.

 

As placas azuis apresentam informações úteis, como áreas de parada e atrações culturais.

As placas de trânsito também são classificadas com base em seu formato. As placas retangulares apresentam instruções, as placas octogonais indicam que é necessário parar, as placas redondas indicam vias férreas, as placas em forma de losango apresentam avisos e as placas em forma de triângulo invertido indicam que é necessário dar a preferência.

5. Respeite os semáforos

Os semáforos são usados para orientar os motoristas nos cruzamentos. Nos Estados Unidos, as cores dos semáforos mudam do verde para o amarelo e do amarelo para o vermelho, voltando diretamente para o verde. O vermelho sinaliza que é possível seguir, o amarelo indica que é necessário ter atenção e o vermelho indica que você deve parar.

A menos que alguma placa indique a proibição, você pode virar para a direita depois de parar completamente no farol vermelho. Muitos semáforos contam com câmeras para identificar os motoristas que não param no sinal vermelho. Se as câmeras registrarem essa infração, você pode ser multado, e a multa será encaminhada para a locadora do seu veículo. Por isso, tenha cuidado. Ao virar para a esquerda, dê a preferência ao tráfego da via.

Nos Estados Unidos, também é comum encontrar cruzamentos com quatro placas de parada em vez de semáforos. Nesse caso, dê a preferência a quem chegou ao cruzamento primeiro. Caso vocês tenham chegado ao cruzamento ao mesmo tempo, o carro à direita tem a preferência. Se não souber ao certo o que fazer, aguarde que os demais motoristas indiquem que é a sua vez.

6. Esteja pronto para pagar o pedágio

Muitas rodovias e pontes cobram pedágios de acesso, cujo valor varia de menos de US$ 1 a quase US$ 20. Antes de pegar a estrada, verifique se há pedágios no seu trajeto e qual será o custo para passar por eles. Muitos sistemas de GPS, como o Google Maps, indicam a presença de pedágios. Muitas cabines dos pedágios aceitam cartões de crédito, mas algumas só aceitam o pagamento do valor exato em dinheiro. Sempre viaje com troco ou notas para o caso de se deparar com pedágios inesperados. Em alguns casos, há rotas alternativas às estradas com pedágios. Por isso é importante conferir o mapa.

Se estiver planejando fazer uma longa road trip, confira se a locadora do seu veículo utiliza algum programa de pagamento eletrônico de pedágios, como o EZPass. Esses programas fornecem dispositivos que devem ser fixados no para-brisa e que permitem passar rapidamente pelas cabines de pedágio, evitando filas longas e a inconveniência de ter que separar o dinheiro para fazer o pagamento. No entanto, esses programas não estão disponíveis em outros estados. O EZPass está disponível em 15 estados da costa leste, e há outros programas similares em diversos estados.

7. Tenha atenção ao estacionar

As regras para estacionar nas ruas variam muito. Por isso, preste atenção às placas que informam o limite de tempo, as tarifas e as restrições. Muitas áreas urbanas contam com estacionamentos que eliminam o trabalho de procurar vagas nas ruas, mas cobram tarifas altas.

Ao estacionar na rua, procure parquímetros ou quiosques de pagamento, que aceitam pagamentos por cartão de crédito. Aplicativos como o Parkmobile também permitem usar o smartphone para pagar pelo período em que o veículo permanece estacionado. Nas cidades menores, os parquímetros mais antigos só aceitam moedas. Por isso, verifique se você tem troco. Sempre observe as regras dos parquímetros quanto ao tempo. O estacionamento à noite e aos domingos geralmente é gratuito.

Ao estacionar no meio-fio, pare o carro na mesma direção do tráfego da via (com a frente do carro primeiro).

Este artigo foi elaborado pela Alamo.