Skip to main content
Farol de St. Simons nas Golden Isles, Georgia

Geórgia

Golden Isles da Georgia: um dia em St. Simons Island

1 of 6
Fort Frederica National Monument em St. Simons, Georgia

Geórgia

Golden Isles da Georgia: um dia em St. Simons Island

2 of 6
Vista da Christ Church Frederica em St. Simons Island, Georgia

Geórgia

Golden Isles da Georgia: um dia em St. Simons Island

3 of 6
Vista aérea do Neptune Park Fun Zone em St. Simons, Georgia

Geórgia

Golden Isles da Georgia: um dia em St. Simons Island

4 of 6
Veleiras passam pela costa das Golden Isles, Georgia

Geórgia

Golden Isles da Georgia: um dia em St. Simons Island

5 of 6
Parte do Fort Frederica National Monument do século XVIII em St. Simons, Georgia

Geórgia

Golden Isles da Georgia: um dia em St. Simons Island

6 of 6
  • States:
    Geórgia

Essas ilhas panorâmicas e muito tradicionais receberam seus nomes devido às cores de outono de seus vastos pântanos.

Quando os exploradores espanhóis exploraram a costa sul da Georgia em busca de ouro, eles acabaram encontrando belas praias e pântanos dourados. Os visitantes vão adorar essas maravilhas naturais, bem como a cultura e a história de St. Simons Island, Little St. Simons Island, Jekyll Island e Sea Island – os quatro destinos – além da parte continental da cidade de Brunswick, Georgia, que formam as Golden Isles. Passe um dia relaxante em St. Simons Island, a maior ilha barreira do grupo, explorando locais históricos, a beleza natural e fazendo compras.

Comece o dia no píer

Comece sua estadia em St. Simons Island observando as pessoas e apreciando as lindas vistas no píer de pesca de St. Simons. Muitos turistas e residentes vêm aqui para pescar, assistir a um espetacular nascer do sol à beira-mar ou apenas para passear. Próximo ao píer de pesca fica a Mallery Street e a Pier Village, uma área colorida onde os visitantes podem fazer compras e refeições em pequenas lojas e restaurantes de propriedade locais. Aprecie as vitrines das lojas pitorescas e saboreie os aromas tentadores nos pátios dos restaurantes. Se você estiver com a família, leve as crianças ao Neptune Park, a poucos metros do píer. O Neptune Park tem um playground, mesas de piquenique e um campo de golfe em miniatura. As crianças vão adorar o Fun Zone, que conta com tobogãs, piscina rasa e uma área para brincar na água. E o melhor: tudo isso com vista para o oceano para que seu dia na ilha seja maravilhoso e relaxante.

Mais informações

Suba ao farol

Próximo à Mallery Street fica o Farol de St. Simons. Suba os 129 degraus até o topo do farol e desfrute das vistas incríveis para o Neptune Park, a Jekyll Island e o restante do lindo litoral. Originalmente iluminado com o uso de óleo, este farol ainda ativo foi convertido para eletricidade em 1934. A atração ainda usa a lente original de Fresnel de 3ª ordem. O museu e a loja de presentes ao pé da torre são locais que vale a pena conhecer.

Mais informações

Visite locais históricos

Siga de carro até o Fort Frederica, a cerca de 20 minutos do farol. O forte foi construído para proteger os interesses britânicos contra os espanhóis. Batizado em homenagem ao Príncipe de Gales, Frederick Louis, foi estabelecido como um posto de defesa em 16 de março de 1736. Seu fundador, James Edward Oglethorpe, veio aqui para defender interesses militares britânicos e também por razões comerciais e filantrópicas. Os primeiros colonos eram 44 homens e 72 mulheres e crianças da Inglaterra, Escócia e territórios alemães; apenas alguns anos depois, o número havia subido para 1.000. Hoje, há apenas ruínas de pé, pois os restos do posto abandonado queimaram em 1758. Os restos das paredes – feitas de “tabby”, uma mistura de areia, água e conchas de ostras fervidas – dão uma ideia da antiga arquitetura, e os carvalhos ao redor cobertos de barba-de-velho completam este ambiente etéreo.

A poucos minutos do forte, faça uma visita à Christ Church, Frederica, construída com design cruciforme e magníficos vitrais. É uma das mais antigas igrejas da Georgia. A propriedade original foi destruída durante a Guerra Civil Americana e reconstruída em 1889 por Anson Dodge como um memorial para a sua esposa, Ellen, que morreu em sua lua de mel na Índia. Junto ao jardim encontra-se o Cemitério da Christ Church, com túmulos dos primeiros colonizadores e famosos nascidos na Georgia. As lápides mais antigas datam de 1803. Também perto do forte há algo um pouco diferente: o Wesley Memorial and Gardens. Dedicados aos Reverendos John e Charles Wesley – este último escreveu o famoso hino de Natal, “Hark! The Herald Angels Sing” – os jardins são belos e tranquilos. Programe sua viagem para a primavera e veja as azaleias florescerem. Entre as flores e as árvores cobertas de barba-de-velho é difícil imaginar um lugar mais tranquilo do que esse. O ponto principal desse memorial é uma cruz celta feita de pedra da Georgia.

Mais informações

Compras e gastronomia

Além da beleza natura, praias de areia branca, um píer de pesca, um cinema e um teatro, St. Simons Island tem algumas das melhores lojas e opções de restaurantes renomados da costa da Georgia. Uma curiosidade que você percebe ao chegar é que quase todas as lojas e restaurantes são estabelecimentos familiares, não grandes redes comerciais. A cordialidade dos funcionários é um reflexo perfeito do nível de cuidados dispensado aos visitantes. Se você ficar com fome depois de fazer compras, visite o Bennie’s Red Barn, inaugurado em 1954. O restaurante mais antigo de St. St. Simons Island se inspira na Alemanha, pois o fundador procurou abrigo em um celeiro alemão quando era soldado durante a Segunda Guerra Mundial.

Depois de recuperar as energias, saia em busca dos chamados espíritos das árvores, que são rostos esculpidos escondidos nos majestosos carvalhos da ilha. Esses rostos misteriosos representam marinheiros que morreram no mar. Um mapa on-line mostrará a você onde cada espírito está localizado, mas tente resistir à tentação de trapacear e aproveite a caça ao tesouro.

 

Little Simons Island

Só é possível chegar à Little Simons Island de barco pelo extremo norte de St. Simons Island. O The Lodge on Little Simons Island pode acomodar apenas 32 hóspedes por vez. Então, se você está procurando um lugar privado para um grupo, essa é a opção ideal. Mesmo que não fique hospedado no The Lodge, você pode fazer uma viagem de um dia e passear pela ilha com um guia para saber mais sobre essa paisagem inexplorada. Se preferir, desconecte-se por completo e aproveite a tranquilidade das praias preservadas e a beleza da vida selvagem da ilha.

Mais informações

Explorar mais